Jane Moufarreg é nomeada diretora-geral do Iprem para os próximos cinco anos

0
187
Jane Moufarreg (esquerda) substituirá o atual diretor-geral do Iprem, Cláudio Aparecido da Silva (direita), que encerra seu mandato no dia 26 de março. FOTO:Divulgação

A partir de 27 de março o Instituto de Previdência Municipal de Governador Valadares (Iprem-GV) terá como diretora-geral a servidora aposentada Jane Moufarreg Diniz. A nomeação foi oficializada na sexta-feira (15) pelo prefeito André Merlo e publicada no Diário Oficial do Município. O mandato será até 26 de março de 2024. Jane Moufarreg Diniz retorna para assumir a gestão do Iprem, onde foi diretora-geral de 2000 a 2003 e 2003 a 2006.

A nomeada é bacharel em administração de empresas pela Faculdade de Administração de Governador Valadares (FAGV) e tem atualização em Administração Pública, Licitação e Contratos Públicos pela Fundação João Pinheiro. Atuou como gerente administrativa na Secretaria Municipal de Educação (2006/2008) e coordenadora do Mutirão da Cidadania na Secretaria Municipal de Planejamento (1997/2000).

A confirmação de Jane Moufarreg aconteceu após apreciação e escolha do prefeito municipal, através de lista tríplice encaminhada pelo Conselho Deliberativo do Iprem em fevereiro. A lista foi composta também pela servidora municipal aposentada Natalina Maria Fernandes Neto e o atual diretor-geral, Cláudio Aparecido da Silva. O mandato de Cláudio Aparecida da Silva encerra-se no dia 26 de março.

Experiência

Para a nova diretora-geral, o conhecimento previdenciário adquirido desde 2000 e a participação na fundação do Instituto contribuirão para uma gestão com foco no respeito à administração pública. “O Iprem faz parte da minha vida como servidora aposentada. Sou presente em sua história desde a criação do Instituto, compondo a comissão de estudos, sendo conselheira deliberativa e diretora-geral. Tenho um conhecimento grande da área previdenciária. Minha expectativa é realizar um bom trabalho, respeitando os princípios básicos da administração pública, com moralidade no trato com a coisa pública, impessoalidade, legalidade, isonomia, publicidade, igualdade e probidade administrativa”, disse.

Entre as atribuições do diretor-geral estão cumprir as instruções do Conselho Deliberativo e a legislação da Previdência Municipal; submeter ao Conselho Deliberativo a política e diretrizes de investimento das reservas garantidoras de benefícios do instituto; decidir sobre os investimentos das reservas garantidoras de benefícios do Iprem, observada a política e as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Deliberativo, entre outras.