Governo anuncia linha de crédito de até R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos

FOTO: Divulgação

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, anunciou ontem uma linha de crédito específica para o caminhoneiro autônomo de até R$ 30 mil, para compra de pneu e manutenção de veículos. A linha de crédito, que está sendo desenhada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), terá R$ 500 milhões disponíveis na primeira liberação.

Segundo Onyx, a linha de crédito começará a ser disponibilizada pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. “Depois para os demais bancos e cooperativas de crédito pelo Brasil”, afirmou o ministro, sem dar data de quando a linha será efetivamente liberada.

O crédito será centrado em caminhoneiros autônomos, que tenham até dois caminhões por CPF. “É para garantir que o autônomo tenha acesso a esse importante instrumento. Temos reconhecimento de que é um problema bastante sério, que impacta a segurança do motorista e das demais pessoas nas rodovias”, disse Onyx em coletiva de imprensa em que o governo anuncia medidas para o setor rodoviário.

Onyx começou a coletiva afirmando que o governo vem trabalhando desde o início do ano para “poder dar melhores condições de trabalho aos caminhoneiros”.

“O presidente sempre teve na vida parlamentar muita proximidade com os caminhoneiros, e ao longo da campanha assumiu compromisso de dar melhores condições de trabalho para a categoria”, disse Onyx, que destacou concessões de portos e aeroportos e o leilão da Norte-Sul, mas lembrou que o Brasil fez uma escolha há 50 anos pelo modal rodoviário.

por Amanda Pupo, Lorenna Rodrigues e Tânia Monteiro da Agência Estado