Fim de semana movimentado nos Jogos Estudantis Valadarenses

Os estudantes atletas participaram de várias atividades esportivas dentro da competição que está acontecendo em Governador Valadares

Arremesso de peso, salto em distância e corrida. Essas foram algumas das modalidades disputadas no último sábado (28), na Estação Olímpica. Nem mesmo a chuva na véspera impediu os alunos-atletas e familiares de compareceram em peso às disputas dos Jogos Estudantis Valadarenses – JEV. Destaque para a participação dos alunos da Escola Estadual José Adriano Cordeiro/Apae-GV.

Na última sexta-feira (27) foi realizada na Praça de Esportes a final das disputas de handebol. O Colégio Presbiteriano se consagrou como o grande vencedor do módulo I, masculino e feminino. No módulo II, o Colégio Ibituruna. No feminino do módulo I, o Presbiteriano venceu por 12 a 3 a E. M. Professora Rosalva Simões Ramalho. No masculino, no mesmo módulo, a vitória de 14 a 5 foi em cima da E. E. Alexandre Peixoto da Silva. No módulo II, o placar também foi elástico. No confronto feminino, a equipe do Ibituruna ganhou por 14 a 3 da Escola Municipal Professora Rosalva Simões Ramalho. No masculino, a vitória de 11 a 5 foi em cima da Escola Abílio Rodrigues Patto – SESI.

A técnica de Handebol do Colégio Ibituruna, Janine Correa Couto, contou como foi a participação no JEV. “No feminino, ganhamos um jogo por WO e passamos aperto no segundo jogo, pois o time adversário era bem organizado e deu bastante trabalho. Fomos melhores nas finalizações, levando a vitória. Os primeiros jogos do masculino foram tranquilos; os times eram mais fracos tecnicamente. Nosso último adversário era mais organizado. Começamos o jogo perdendo, pois eles conseguiram acertar mais que nosso time. Isso fez com que a gente se desesperasse. Pedi tempo para acalmar um pouco e colocar ordem, assim os meninos se concentraram mais e começaram a acertar nas finalizações, fechando bem a defesa, fazendo com que garantíssemos a vitória”, contou.

O professor da Escola Municipal Professora Rosalva Simões Ramalho, Cleberson Gomes Mendonça, se surpreendeu com a evolução das suas atletas do módulo II. “Não conseguimos o primeiro lugar este ano, mas valeu a experiência para nossas atletas, pois a maior parte da equipe era de novatas. Elas jogaram muito bem, mas mesmo assim viram que precisam se dedicar mais aos treinos. Da participação do JEMG para o JEV deste ano, todos nós nos surpreendemos pela superação, força e garra que todas tiveram em tão pouco tempo de treino”, destacou.