Estudantes da E.M. Ronaldo Perim participam do Café com Poesia

Atividade encerrou a participação dos jovens no 2º Concurso Literário de Redação e Poesia, que neste ano tem como tema a honestidade

Alunos do oitavo ano e profissionais da Escola Municipal Ronaldo Perim, no bairro São Raimundo, tiveram uma aula diferente e inovadora na semana passada. Nela, eles puderam abusar da criatividade, utilizando-se de versos, ritmo e rimas, e deixar aflorar suas opiniões e sentimentos ao falar sobre honestidade. E o melhor, fizeram tudo isso depois de um saboroso e farto café da manhã.

Assim foi o Café com Poesia, idealizado pela professora de português Marli de Oliveira Leite, que reuniu equipe pedagógica e alunos da instituição de ensino. O evento celebrou e marcou o encerramento da participação dos jovens no 2º Concurso Literário de Redação e Poesia, organizado pela Prefeitura Municipal, através da Controladoria-Geral do Município, que neste ano traz como tema “Honestidade: um dever, uma virtude”. A ideia é estimular o comportamento íntegro, honesto, justo e respeitoso dos cidadãos. A ação faz parte do projeto “Cidadão consciente: sou honesto, sou do bem”, que contempla o Concurso Literário, bem como palestras em instituições de ensino estaduais, federais e particulares, entidades e associações e atividades educacionais nas escolas municipais.

O concurso, que está sendo desenvolvido pela Prefeitura por meio da Controladoria-Geral do Município, em parceria com as secretarias municipais de Educação (SMED), de Cultura, Esporte, Lazer e Juventude (SMCEL), Academia Valadarense de Letras (AVL) e Centro Cultural Nelson Mandela, envolveu instituições de ensino públicas e privadas do Município, além da sociedade valadarense, e teve número recorde de participações.

Foram mais de 1.600 pessoas da sociedade valadarense, além de crianças e jovens de escolas municipais, estaduais e particulares de Valadares, que colocaram no papel seus desejos e esperança de construir um país e um futuro melhor, através da honestidade.

A Escola Municipal Ronaldo Perim e o Colégio Nossa Senhora de Lourdes – Lourdinas foram as instituições de ensino que contaram com maior número de estudantes participando do concurso: 180.

A pedagoga analista da SMED, Marise de Freitas Pena Narch, a professora de Português Marli de Oliveira Leite, a pedagoga Fátima Perim, a vice-diretora da E.M. Ronaldo Perim, Aline Miranda, e a diretora, Maria Calil, foram as responsáveis pelo desenvolvimento das atividades alusivas ao projeto nas salas de aula. Essa equipe também selecionou os melhores trabalhos dos alunos daquela escola, de cada categoria, e os inscreveu no Centro Cultural Nelson Mandela para concorrerem ao concurso. Os trabalhos foram encaminhados à AVL, que vai avaliar e selecionar os vencedores cuja lista será divulgada dia 2 de dezembro. A premiação acontecerá no mesmo mês, com medalhas e certificados.