“Essa vai ser uma opção da classe política”

FOTO: Divulgação

Ministro Paulo Guedes (Economia) sobre a recriação da CPMF ou imposto semelhante

 

Delação do filho de Cedraz leva pânico ao TCU

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) estão apreensivos, alguns em pânico, segundo afirmou um deles, com o suposto acordo de delação premiada negociado com o Ministério Público Federal (MPF) pelo advogado Tiago Cedraz, filho do ministro Aroldo Cedraz, ex-presidente da corte. A notícia caiu como uma bomba no TCU, e foi tema de conversas reservadas, ontem. Pai e filho, que hoje viveria em Miami, foram delatados por Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia.

Tráfico de influência

Tiago é acusado de, agindo com o pai, receber pagamento do dono da UTC, para influir em dois processos no TCU de interesse da empresa.

Relações no Tribunal

Cedraz, filho, frequentou o TCU durante anos e se tornou amigo de quase todos os ministros. Também tem parceiros na classe política.

Afastamento do TCU

O relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, pediu o imediato (e um inédito) afastamento do ministro Cedraz das funções no TCU.

Apostas na 2ª Turma

O caso Cedraz está na Segunda Turma do STF e divide expectativas, entre os que apostam em pizza e os que esperam condenação.

Brasil é recordista em número de estatais: 418

O Brasil sustenta nada menos que 418 estatais. Se o governo federal vender essas primeiras 17, o que já seria feito histórico, ainda assim restarão 401 amontoadas sobre as costas do pagador de impostos no Brasil. O levantamento é da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), realizado em 39 países. Nenhum deles tem tantas estatais. Na Suíça, caso mais positivo, são apenas quatro.

Maior, mais leve

Os países mais desenvolvidos do mundo não carregam o peso das estatais. Japão, por exemplo, tem apenas oito, e a Áustria, dez.

Sonho australiano

Austrália, país semelhante ao Brasil em dimensões geográficas e com economias de tamanho semelhante, tem só oito estatais.

Mau exemplo

Após longos anos de economia estatizada, na época do comunismo, a Hungria tem 378 estatais. É o 2º em número de empresas do governo.

Lixo e nada mais

Impressiona, na lista de estatais a serem privatizadas, que o brasileiro sustente tantas porcarias que só produzem prejuízos, boquinhas e corrupção. A existência de algumas era ignorada até pelos iniciados.

Não vai acabar bem

Distribuidoras/atravessadoras instalaram em Brasília esquema de lobby para tentar manter o cartório que lhes dá exclusividade na venda de combustíveis aos postos. Isso vai acabar com Polícia Federal na porta.

Sobrou para nós

O TRF-1 condenou a União a indenizar Eduardo Jorge, ex-ministro de FHC. A lei diz que os procuradores Guilherme Shelb e Luiz Francisco Souza, acusados de persegui-lo, não são responsáveis pelos abusos. Por isso, o ex-ministro “EJ” será indenizado pelos que pagam impostos.

Fábrica de indenizações

A Justiça do Trabalho resolveu esfolar o Fluminense, já quebrado, obrigando-o a indenizar, por “dano moral”, um jogador dispensado por whatsapp. O chutador de bolas virou credor do clube em R$10 milhões.

Calote na Ricardo Eletro

O fundo Starboard Partners, dono da Ricardo Eletro, herdou dívidas de R$ 2,8 bilhões e paga credores seletivamente, sob pressão. Queixam-se de calote donos das lojas alugadas à Ricardo Eletro em Aparecida de Goiânia, Cuiabá, Uberlândia etc., e ações de despejo se sucedem.

Noruega ‘ambientalista’

A Noruega lidera, com folga, o ranking de países que mais mata baleias por ano. Em 2014 e 2015, o país europeu que posa de ‘ambientalista’ matou mais que Japão e Islândia, 2º e 3º, somados.

Para inglês ver

A Petrobras tenta superar a imagem enlameada pelo maior escândalo de corrupção da história. A última foi assinar carta de intenções para “atuar na promoção” de direitos da Primeira Infância. Mas ficou nisso.

A economia reage

O Dia dos Pais movimentou o setor de hotéis e viagens, segundo estudo da Social Miner; 23,9% dos presentes foram dessa categoria. A região Sudeste foi responsável pela maior parte das vendas: 62,5%.

Tal e qual

Após a condenação à prisão de Fernando Haddad, a internet lembrou o que o PT avisou na campanha: “Haddad é Lula”.