Emoção na entrega do Mérito Empresarial e da Comenda Manoel Byrro

384
A cerimônia de entrega do Mérito Empresarial e da Comenda Manoel Byrro contou com a presença de diversas autoridades. FOTO:Divulgação.

A noite de ontem, 21, no Ilusão Esporte Clube, foi marcada por muitas emoções. Uma festa foi preparada para homenagear homens e mulheres empreendedores, que ajudam a tornar Valadares uma cidade melhor. Os destaques da noite foram Rodrigo Andrade, da Frigoleste, que recebeu o Mérito Empresarial, Sílvio Figueiredo, do GV Shopping, Alexandre Prado,  da Confeitaria Prado, e Emília Drumond, da Artifício, que receberam a Comenda Manoel Byrro. Juntos, eles geram mais de 3 mil empregos na cidade. As homenagens fazem parte das comemorações dos 80 anos da Associação Comercial e Empresarial (ACE).

Segundo o presidente da ACE, Jackson Lemos, os homenageados foram escolhidos por puro merecimento, por contribuírem para o crescimento da cidade. “A noite foi motivo de muita emoção. Ter uma casa cheia de empresários é gratificante. Pessoas que produzem, pessoas que empregam, pessoas que fazem a diferença. O PIB de Valadares estava presente no evento. Quando você homenageia pessoas empreendedoras é um motivo de muita alegria, que faz a diferença na nossa cidade e que faz a Associação Comercial melhor”.

Rodrigo Andrade recebe o Mérito Empresarial das mãos do presidente da ACE GV Jackson Lemos

O empresário Rodrigo Andrade, que recebeu o Mérito Empresarial, destacou que ainda tem muito a fazer para contribuir com o crescimento da cidade. “Estou muito orgulhoso e feliz por ter recebido o Mérito Empresarial. Começamos bem humildes, e hoje ter esse reconhecimento é muito bacana e grandioso. Porém, ainda estamos no começo, ainda temos muito que crescer e gerar ainda mais emprego e renda para a cidade”.

Emília Drumond, proprietária da loja Artifício — Comenda Manoel Byrro

A empresária Maria Emília Drumond disse que não imaginava ser homenageada e que ficou muito emocionada. “Esse evento vai ficar marcado; dia especial. São 37 anos de trabalho. Fiquei muito feliz e me senti muito honrada de receber a Comenda Manoel Byrro. Eu não esperava ser a homenageada do comércio, mas depois que a gente para e analisa a trajetória, percebe que são muitos anos. Para estar no comércio a gente precisa de muito otimismo e  coragem. Quem está no comércio sabe disso. Parabéns a todos!”

Sílvio Figueiredo, superintendente do GV Shopping — Comenda Manoel Byrro

Em meio a muita emoção, Sílvio Ricardo de Figueiredo, coordenador do GV Shopping, ressaltou que a caminhada até aqui não foi fácil, mas valeu a pena. “É gratificante, nos deixa emocionados e felizes, porque é uma longa caminhada. Realmente, o shopping, no seu início, foi muito desacreditado. Eu costumo brincar que a nossa aposta sempre foi no processo de interiorização da economia. Felizmente, essa interiorização aconteceu. O GV Shopping evoluiu. Hoje temos uma conotação regional, pois ele atinge pelo menos 70 municípios no entorno de Valadares. Isso proporcionou um crescimento e uma viabilização do negócio. Só temos a agradecer.”

Alexandre Prado, representante da Confeitaria Prado – Comenda Manoel Byrro

Para Alexandre Prado Alves, esse reconhecimento foi muito gratificante, afinal, todos passam por muitas lutas até chegar ao sucesso. “Essa homenagem nos faz querer crescer mais, manter ainda mais o padrão de qualidade. Receber uma homenagem dessas da Associação Comercial é sensacional. Estou muito feliz. Saber que nossos produtos são reconhecidos no mundo inteiro não tem preço. Em 2017, o Sesc Nacional incluiu a Prado como ponto turístico de Governador Valadares. Ver os clientes tirando self na porta da loja é muito bom. Os depoimentos que ouço sobre os produtos dariam para escrever um livro, mas o que mais ouço é: ‘Não posso viajar sem levar uma rosca da prado’, comemora Alexandre Prado.

O deputado federal Hercílio Coelho Diniz (MDB) fez questão de participar do evento, já que ele, assim como os demais homenageados, contribui para o crescimento diário da cidade. “Os homenageados da noite são empresários de destaque, envolvidos nas causas sociais e que fazem Valadares melhor. Quero parabenizar a todos”.

O presidente da Câmara Municipal também esteve presente no evento e elogiou a iniciativa da Associação Comercial. “Toda vez que uma pessoa recebe uma homenagem, levantamos o astral da pessoa, fazendo ficar mais animada com a cidade, com os empreendimentos. Um evento como esse da Associação Comercial é, sem dúvida nenhuma, uma grande festa. Homenagear pessoas que fazem a diferença na cidade é fundamental. Parabéns à Associação Comercial e parabéns aos homenageados!”

O presidente da 43ª Subseção da OAB, Giuliano Almada, disse que tudo que construiu foi em Valadares, mesmo não sendo natural da cidade. “Eu fico orgulhoso com um evento como este. Valadares foi construída com trabalho e com muita luta. Somos um polo de evolução. Não sou de Valadares, mas tudo que conquistei foi graças a essa cidade maravilhosa. Quero parabenizar todos os homenageados que, com dedicação, contribuem para o crescimento da cidade.”

Valadares traduzida

Durante a noite de homenagens, a diretoria da Associação Comercial destacou a constante evolução da cidade, que tem mais de 278 mil habitantes, em mais de 2,3 milhões de metros quadrados, no Vale do Rio Doce. A cidade representa 1,2 % do PIB Mineiro, cerca de R$ 6 bilhões. Atualmente, estão instaladas na cidade mais de 11 mil empresas e há mais de 13 mil microempreendedores individuais, que diariamente atendem a uma população de mais de 160 cidades vizinhas, que têm Valadares como referência para comprar, se cuidar, vender, passear, investir, estudar e trabalhar. São mais de 2,5 milhões de consumidores com potencial de compra de mais de R$ 41 bilhões por ano.

As principais lojas do varejo nacional se encontram em Valadares, muitas delas com ritmo acelerado de crescimento. O comércio é forte e abundante. São mais de 421 mil m2 de lojas no centro da cidade. Tudo foi bem planejado, levando-se em consideração apenas o quadrilátero que vai da avenida Minas Gerais até a rua Euzebinho Cabral, da Afonso Pena até a Marechal Floriano, ou seja, Valadares é o maior shopping aberto do interior de Minas Gerais.

Somos referência também na área da saúde, com mais de 800 médicos e mais de 5 mil profissionais da saúde trabalhando diariamente, espalhados por quatro hospitais de grande porte e um de médio porte, atendendo nas várias especialidades, de baixa, média e alta complexidade.

Além disso, Valadares conta com várias escolas particulares de grande porte e uma rede do ensino fundamental e médio, com mais de 160 escolas espalhadas pela cidade, nas áreas rural e urbana, com mais de 40 mil alunos matriculados. Só a rede municipal de educação tem mais de 20 mil matriculados, com mais de três mil e oitocentos profissionais da educação espalhados por mais de 64 escolas no município, onde diariamente são servidas mais de 98 mil refeições.

O sistema bancário também é destaque. Além das tradicionais bandeiras, o sistema financeiro inclui três cooperativas de crédito, que, juntas, injetaram no comércio, só no ano passado, mais de R$ 100 milhões, com redução de taxas, manutenção de contas, impostos e geração de empregos.

Valadares tem uma logística considerada invejável. As principais rodovias do país passam pela cidade e, agregados a elas, uma ferrovia de grande porte e um aeroporto.

É umas das principais bacias leiteiras do país. A nossa produção leiteira está presente na vida dos brasileiros, através de marcas como Ibituruna, Regina e Piracanjuba, sem falar nas marcas Nestlé e Itambé, que buscam na região matéria-prima para completar a produção. A pecuária de corte é uma força no estado, e a  produção de carne abastece a cidade e o Brasil por meio de três frigoríficos de ponta.

No setor ferroviário é possível encontrar muitos produtos, como vagões, adaptações de caminhões para andar nos trilhos e outros, produzidos pela Super Metal, tem o vidro temperado e laminado da Temper Aço, sem falar nas linhas de cosméticos da Verde Brasil e Dhalias, as baterias da Raiom e da Tudor, os produtos de limpezas da Mayor Química, as tintas da Colorcril, a borracha da ABC, as bicicletas da JPP, os salgadinhos da Click, várias linhas de produção que ganham os estados brasileiros, pela competência e pela qualidade.

A fábrica de Massas Periquito, apesar de não estar no mercado com sua marca, empresta o seu sabor para produtos de grandes marcas. São mais de 180 empregos só nesta linha de produção.

O bairro Esplanada, há alguns anos atrás, era residencial e agora está se tornando uma extensão do centro da cidade, com vários escritórios, clínicas e lojas do varejo. Outro setor que vem se destacando é o imobiliário: os loteamentos têm proporcionado a expansão territorial da cidade.

Em 5 anos Valadares pode voltar ao topo da economia mineira

De acordo com o presidente da Associação Comercial, a Sudene, antes vista por todos como impossível, hoje tem grande possibilidade de romper a barreira da incredulidade e incluir a nossa cidade em sua área. A VLI está pronta pra assinar o protocolo de intenção com a cidade, esperando apenas o aval do Governo Federal para sua renovação de contrato. A Petrocity está conversando com a Associação Comercial, para projeto que colocará de vez Valadares no mapa logístico do Brasil.

A Coopermig foi fundada agora em fevereiro e será uma grande propulsora do desenvolvimento regional, assim como as outras cooperativas da cidade. Ela vai gerar energia e sustentabilidade para toda a região. Um outro grande projeto que está em fase de negociação para implantação é a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente, parceria que está sendo captada pela Associação Comercial.

Programação para comemorar os 80 anos

De 22  a 26 de maio vai acontecer a 17ª edição da Mostra Empresarial do Leste de Minas. Em agosto será realizado pela ACEGV um culto ecumênico de gratidão. Ainda como parte das comemorações será lançada em novembro a reedição ampliada do livro “Associação Comercial de Governador Valadares – Sessenta anos de história”, que narra os 20 anos seguintes da entidade, mantendo em dia sua trajetória e participação na vida do valadarense. Finalizando o ano de comemorações, vai ser promovido um Natal Iluminado maior do que o de 2018.

por Angélica Lauriano | angelica.lauriano@drd.com.br