Emissário de pedrista de GV é preso com mais de R$ 1 milhão em esmeraldas

As esmeraldas eram transportadas na bagagem de mão do suspeito, que se identificou como funcionário de um pedrista de Valadares.Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na última terça-feira, 21, mais de R$ 1 milhão em esmeraldas num ônibus que foi parado na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Piraí, no Centro Sul fluminense. As pedras preciosas eram transportadas na bolsa de um passageiro. O coletivo havia saído de Curitiba, no Paraná, e seguia para o Rio de Janeiro.

Equipes da PRF faziam uma blitz para coibir a entrada de armas e drogas no Rio e decidiram abordar o ônibus. Os agentes desconfiaram de um passageiro e resolveram revistá-lo.

Foram encontradas, na bolsa de mão do suspeito, 2.166 esmeraldas. Ao ser questionado, ele apresentou uma nota fiscal com indícios de falsificação. O suspeito alegou ser representante de um joalheiro de Governador Valadares, em Minas Gerais. Ele contou ainda que estaria levando as pedras preciosas para a capital fluminense, mas não quis dar mais informações.