Eleitos os novos conselheiros do CMAS de Valadares

FOTO: Divulgação

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) elegeu, na tarde de segunda-feira (9), os novos representantes da sociedade civil para o biênio 2019-2021. Com a presença de membros de entidades, de organizações de Assistência Social, trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e usuários, a assembleia geral aconteceu no Metrópole, no bairro de Lourdes.

Nos próximos dias será realizado um novo processo eleitoral, com o intuito de compor as vagas remanescentes. A posse vai acontecer na próxima sexta-feira (13), às 16h30, no auditório Luiz Franco, no 5º andar do prédio da Prefeitura.

Os eleitos

Representantes de entidades e organizações de assistência social: Titular: Maria José Vieira – Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (APMI); Suplente: Maria do Perpétuo Socorro Silveira Bretas – Creche Lar Bom Pastor de Baguari; Titular: Alice Aparecida Perpétuo Coelho – Casa Dona Zulmira da Sociedade São Vicente de Paulo; Suplente: Ariane Vieira de Souza – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Representantes dos trabalhadores da Política de Assistência Social: Titular: Elizabeth Rodrigues Mendes – Secretária Administrativa do Lar dos Velhinhos; Titular: Ágda Cíntia da Silva Lopes – Assistente Social da Associação Santa Luzia; Titular: Iane Fernandes da Silva Magalhães – Assistente Social da Itaka Escolápios GV.

Representantes de usuários ou organizações de usuários: Titular: Irlanda Maria de Oliveira – CRAS São Raimundo; Titular: Hildete de Almeida Oliveira – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE.

Conheça o CMAS

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) é um espaço de acompanhamento da Política Municipal de Assistência Social, formado por representantes da sociedade civil e das secretarias municipais de Valadares. Tem por objetivo debater e deliberar as ações da área de Assistência Social, na qual as instituições exercem um papel fundamental, pois compõem hoje a rede privada do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), além de garantir serviços dessa área ao público.

A participação de trabalhadores da área da Assistência Social e de usuários dessa política pública é de fundamental importância para a construção de propostas que melhor atendam às necessidades da população.