Edital do programa de residência médica 2020 no Hospital Bom Samaritano já está disponível

FOTO: Divulgação

A Beneficência Social Bom Samaritano (BSBS), mantenedora do Hospital Bom Samaritano (HBS), lançou edital para o processo do Programa de Residência Médica. As inscrições poderão ser feitas de 8 a 21 de outubro, para a prova escrita que será no dia 17/11.

A nova turma terá início em 2020. No total, serão ofertadas oito vagas, sendo duas em cada especialidade: otorrinolaringologia, cancerologia, cardiologia e nefrologia. As opções são divididas entre entrada direta, para quem vem da graduação, e entrada com pré-requisitos, para quem já possui residência em clínica médica.

Segundo o superintendente administrativo do HBS, Elvis Deivis, “o Hospital Bom Samaritano já é uma referência em alta complexidade, ensino e pesquisa na região do Vale do Rio Doce, por isso, desde 2014, desenvolvemos o Programa de Residência Médica, que é um grande ganho para a comunidade, pois, se temos como pilar a educação, ajudamos a melhorar significativamente o atendimento dentro da nossa instituição”.

Segundo o coordenador da residência médica, Adhemar Figueiredo, “a residência é considerada o padrão ouro na formação do médico especialista, sendo praticamente obrigatória para a entrada do médico no mercado de trabalho”.

O edital já está disponível no site do HBS: www.hospitalsamaritano.org.br e as inscrições poderão ser feitas no www.aremg.org.br.

Hospital Bom Samaritano

Situado em Governador Valadares, leste de Minas Gerais, o Hospital Bom Samaritano é referência para mais de 1,5 milhão de pessoas, por ofertar assistência de alta complexidade em: oncologia com radioterapia, quimioterapia e cirurgia oncológica; cirurgia de redução de estômago; implante coclear bilateral (ouvido biônico); UPA 24h; traumatologia e ortopedia; nefrologia e cirurgia cardíaca. Abriga um centro cirúrgico com capacidade para procedimentos de pequeno, médio e de grande porte. Possui UTI (geral e cardiológica) equipada para vinte leitos. Também conta com ambulâncias para transporte de pacientes em viagens ou local. Em 2019 a instituição conquistou a Acreditação Hospitalar, por adotar todos os protocolos estabelecidos pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).