Distrito Industrial pode ser municipalizado, diz prefeito André Merlo

"Vamos enviar um projeto de Lei para a Câmara Municipal em comum acordo com o governo do Estado, especialmente com a Codemig, para municipalizar o Distrito Industrial de Valadares", conta o prefeito.Foto: Antônio Cândido

Em uma entrevista exclusiva ao DIÁRIO DO RIO DOCE, o prefeito André Merlo (PSDB) afirmou que vai enviar um projeto de lei para a Câmara Municipal, em comum acordo com o governo do Estado, especialmente com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que administra os distritos industriais – mais de 50 em todo o estado -, para municipalizar o Distrito Industrial de Valadares.

“Infelizmente, somos muito limitados em relação ao apoio aos empresários, a não ser o que  já fazemos, que é a limpeza e o cuidado das vias públicas. Com a aprovação do projeto, vamos poder ter também a gestão das áreas juntamente com os empresários, podendo participar mais da vida do Distrito Industrial. Essa iniciativa faz parte do novo programa que vamos lançar, de benefícios fiscais, para incentivar a geração de emprego, abrir empresas e manter as que já temos na cidade. Esse programa de incentivo ao desenvolvimento vai ser anunciado em breve, já que o Distrito Industrial é muito importante para o desenvolvimento da cidade. Gostaríamos de fazer mais pelo Distrito Industrial, porém, a gestão é toda da Codemig, aí ficamos limitados, sendo que poderíamos dar mais apoio aos empresários. Mas existe um limite de gestão em relação ao local”, afirmou o prefeito.

Outra novidade que o prefeito revelou ao DIÁRIO DO RIO DOCE é que o município já está procurando uma área para fazer um Distrito Industrial Municipal. “Estive em Teixeira de Freitas (Bahia), vendo o case de sucesso deles, onde os empresários já estão construindo e conseguiram gerar mais de mil empregos em seis meses com essa ação. Espero também poder incentivar os empresários da nossa cidade para que eles empreendam e gerem emprego.”

Novo terminal do aeroporto deve ficar
pronto em junho de 2020

Pensando sempre no desenvolvimento de Governador Valadares como cidade polo da região, uma das metas do prefeito André Merlo é entregar até junho de 2020 o novo terminal aeroportuário da cidade. “As pessoas às vezes confundem, achando que vamos fazer simplesmente a reforma do Aeroporto, mas não é. Iremos fazer um novo terminal aeroportuário, com novo pátio e recapeamento da pista de pouso e decolagem.”

De acordo com o prefeito, a ordem de serviço já foi dada, autorizada e o terminal vai ser construído através de uma plataforma BIM, que permite criar plantas de construção inteligentes. Ou seja, consegue-se inserir informações úteis como insumos, metragem e espessura em cada parte da planta. “Possíveis erros que poderiam acontecer na construção do novo terminal já são corrigidos nessa plataforma. Por isso existe um atraso no início das obras, mas que é benéfico, porque os erros já estão sendo corrigidos na plataforma BIM. E quando as obras se iniciarem, no final de setembro, com canteiro de obra já definido, vamos conseguir manter o cronograma de entrega para 30 de junho de 2020, com o valor estimado de 42 milhões de reais.”

A ideia é que, com o novo terminal aeroportuário, Valadares volte a ser a cidade polo da região. “Vamos conseguir operar com mais aeronaves. Acredito que, com o novo terminal, teremos mais opções de voos. Hoje só temos Azul e espero que, ficando pronto o novo terminal, mais empresas venham para a cidade. Todo empresário que vai analisar no seu mapa de investimento, analisa as cidades que têm voos regulares e que têm um aeroporto que funcione. Estamos no caminho certo. Quando falo que estamos arrumando a casa é realmente a questão do Aeroporto. Tenho certeza de que vamos conseguir colocar Valadares nos trilhos do desenvolvimento e gerar mais emprego para nossa cidade”, afirmou o prefeito.