Dia Nacional do Bombeiro é comemorado na Risp

209
No evento, mais de 20 bombeiros foram homenageados, das equipes campeãs da competição operacional, destaque operacional e destaque administrativo.Foto: Bombeiro Militar

Uma solenidade foi realizada na manhã de ontem, 2, na 8ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP), em comemoração ao Dia Nacional do Bombeiro. A data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam a vida para proteger as pessoas, as cidades e as florestas de incêndios, desastres naturais, desabamentos etc. Os bombeiros ainda ajudam a socorrer animais em perigo e auxiliam pessoas que enfrentam situações de grande estresse, como tentativa de suicídio, afogamento, desaparecimento e traumas provocados por acidentes. Além dessas ações, eles também desenvolvem projetos sociais e educativos, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população.

No evento, mais de 20 bombeiros foram homenageados, sendo as equipes campeãs da competição operacional, destaque operacional e destaque administrativo. Estiveram presentes na solenidade autoridades civis, militares e políticas, entre elas o prefeito André Merlo, o secretário de Saúde, Enes Cândido, o presidente da Câmara Municipal, Júlio Avelar, e vereadores.

Atualmente, o efetivo em Minas é composto por 6 mil homens e mulheres. A corporação anunciou um plano de expansão do atendimento, com cobertura de 130 municípios até 2026. Uma unidade de bombeiros em cada cidade tem início com efetivo de pelo menos 16 homens. O objetivo é fazer com que o primeiro socorro chegue ao cidadão em qualquer parte do estado de Minas Gerais. De 2015 para 2019, a presença dos bombeiros militares subiu de 58 para 73 municípios, crescimento de 24% em quatro anos.

Para o comandante do 6º Batalhão de Bombeiros Militar, major Luciano de Souza, o Dia Nacional dos Bombeiros é um dia de elogiar esses guerreiros. “A corporação tem o prazer de enaltecer todos aqueles que largaram família, largaram sua própria vida para se dedicar a salvar vidas. Então, queremos homenagear os heróis que tombaram envergando a farda no dever. E os heróis de hoje, que diariamente estão à disposição da sociedade, colocando-se em risco para salvar vidas e bens.”

O prefeito André Merlo ressaltou a brilhante parceria entre os bombeiros militares e o Samu de Valadares. “Queremos unir esse trabalho cada vez mais. Os bombeiros para a vida da população são imprescindível, salvando vidas. Tanto que eles foram homenageados em Brumadinho, pelo excelente trabalho desempenhado. É uma parceria que não pode parar. É importante para o desenvolvimento da nossa cidade, para a tranquilidade do cidadão. Deixo aqui os parabéns para essa corporação.”

O presidente da Câmara Municipal, Júlio Avelar, falou da importância dos bombeiros de uma forma geral. “O bombeiro no mundo todo é a instituição mais respeitada, salva vidas, é o socorro nos momentos cruciais. O Corpo de Bombeiros em Governador Valadares vem desenvolvendo um trabalho maravilhoso na cidade, foi destaque em Brumadinho. Parabéns a todos!”

Segundo o coronel Fabrício Casotti, a parceria com a Polícia Militar é imprescindível. “Os bombeiros ajudam a suprir algumas necessidades dos militares na hora de socorrer. O Corpo de Bombeiros é uma peça fundamental na sociedade moderna; é um amigo que temos no momento de crise.”

O subtenente Walbec Mota Macedo, comandante do Tiro de Guerra, explica que, mesmo sendo do Exército Brasileiro, tem uma admiração muito grande pela corporação. “São militares nobres, pessoas de qualidade, por que vemos o quanto são importantes e o quanto eles são bem preparados. Valadares está de parabéns. Temos na cidade um comando que realmente tem a intenção de ajudar a população. Eles são extraordinários na ajuda humanitária. Eles estão de parabéns, por serem uma equipe bem preparada.”

O presidente da Associação dos Advogados de Governador Valadares (Aadvog), Aloísio Gusmão Padilha, disse que os valadarenses podem se sentir seguros com uma corporação como essa. “Saber que temos uma instituição como o Corpo de Bombeiros sempre à disposição da comunidade é gratificante. Essa instituição tem prestado serviços relevantes para toda a população. Um exemplo disso foi o desempenho deles em Mariana e Brumadinho, sendo essenciais no salvamento de vidas. Nós da Aadvog temos um carinho imenso. Deixamos aqui os parabéns a todos da corporação, e conte com nosso apoio.”

A sargento Lucilene Marinho do Nascimento, que participou das buscas em Brumadinho, conta que poder ajudar o próximo é gratificante e que eles recebem treinamento pra isso. “A gente deixa a família em casa, a qual fica apreensiva, mas entende que é gratificante participar e retornar. Esse Dia do Bombeiro faz a gente relembrar o treinamento, a capacitação e a vocação. Nós estamos aqui para ajudar o tempo todo. Em Brumadinho, a população tratou a gente tão bem, que chegamos a ficar envergonhados. Às vezes estávamos sujos de lama e mesmo assim as pessoas queriam nos abraçar. Fico feliz de fazer parte dessa corporação.”

Origem do Dia do Bombeiro

A escolha da data é uma homenagem à criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, inaugurado em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, sob o comando do major João Batista de Morais Antas. Oficialmente, o Dia do Bombeiro Brasileiro foi instituído através do decreto-lei nº 35.309, de 2 de abril de 1954. A partir dessa mesma lei foi definida a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios.

Antigamente, antes de o imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sino era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e, assim, passar baldes de mão em mão até chegar ao local do incêndio.

por Angélica Lauriano angelica.lauriano@drd.com.br