Democrata sai na frente, mas cede empate em Teófilo Otoni

0
231
Mamita comemora o primeirfo gol do Democrata marcado por ele aos dois minutos do primeiro tempo.FOTO: Eude Aerton Assessoria de Imprensa ECD

Os jogadores e a comissão técnica do Democrata chegaram ontem de Teófilo Otoni e foram dispensados até segunda-feira. Na quinta-feira, pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II, o time empatou em 2 a 2 com o América, depois de sair vencendo por 2 x 0, logo aos 10 minutos do primeiro tempo.Os gols da Pantera foram marcados por Mamite, de cabeça, aos 2 minutos, e Victor Valle, cobrando falta, aos 10 minutos.

Victor Valle esteve bem no jogo e marcou o segundo gol no empate do Democrata com o América, em Teófilo Otoni

O Democrata mandava na partida quando, aos 28 minutos do primeiro tempo, a iluminação do Estádio Nassri Mattar sofreu uma pane. O jogo ficou parado por quase 20 minutos. A paralisação prejudicou a Pantera. Depois do reinício da partida, o América diminuiu com Richard Tank. No segundo tempo, o lateral-esquerdo Yuri Kaique, cobrando falta com perfeição, empatou a partida.

Victor Valle, autor do segundo gol do empate do Democrata na noite de quinta-feira contra o América
de Teófilo Otoni.

O treinador Cipriano Alexandre lamentou o empate e disse que o time caiu de produção com a saída do volante Ítalo Moreira. O time perdeu a força de marcação e, para piorar a situação, o outro volante, Wallisson, foi expulso de campo, depois de reclamar com o árbitro por causa da marcação de uma falta.

O próximo jogo da Pantera será no dia 9 de março, contra o Serranense, na Arena do Calçado, em Nova Serrana – MG. O time subiu para a quarta posição na tabela, mas deve perder posições, dependendo dos resultados dos jogos deste sábado.A semana de trabalho começará na segunda-feira e o técnico Cipriano terá de buscar alternativas para compor o meio campo, pois não vai poder contar com Wallisson. E ainda tem o meia Yago, lesionado, e que não viajou para Teófilo Otoni, ficando em tratamento.

O Democrata jogou com Victor Lube, Yan Gomes, Círio, Fagner e Wallisson; Andinho, Ítalo Moreira (Dodô), Merita (Erik Petrik) e Victor Valle; Mamita e Gladiador. Técnico: Cipriano Alexandre Valentim.