COOPERATIVISMO FINANCEIRO: Economia divertida marca comemoração do Dia das Crianças

FOTO: Divulgação

Mais de 40 crianças participaram de uma oficina de Educação Financeira na manhã de sábado, dia 12 de outubro. De forma lúdica, didática e interativa, elas aprenderam sobre a importância do dinheiro, como poupá-lo e a melhor forma de gastá-lo. A ação marcou as comemorações do Dia das Crianças, aplicando o conceito de cooperativismo financeiro na prática. Foi montado um minimercado para as crianças “irem às compras”. Trata-se de uma iniciativa dos voluntários do Sicoob AC Credi, com o apoio da rede de supermercados Big Mais, da paróquia Santana e da papelaria Grafitte.

“Elizia Damasceno, voluntária que coordena o projeto e colaboradora do Sicoob AC Credi, conta que foi uma experiência maravilhosa para todos os envolvidos. Eles puderam observar a inteligência e o interesse das crianças e, ainda, reforçar a ideia de que, juntos, podemos sempre fazer mais. A ação também envolveu o voluntariado de cooperados como a dona Ivete Tassis, que dividiu o encantamento com os presentes.

Na ocasião, o grupo infantil assistiu à peça de teatro que trata da relação da formiga e da cigarra com a economia. Sem falar que as crianças entraram em contato com uma obra de literatura infantil da coleção Financinhas. O título é “Caio achou uma moedinha”.

“A garotada começa a lidar com situações que envolvem finanças, como, por exemplo, valor dos sonhos, orçamento e planejamento financeiro”, conta o responsável pelo Quadro Social (OQS) do Sicoob AC Credi, Regilmar Aguilar. “Elas [as crianças] aprendem a fazer um orçamento e a fortalecer a autodisciplina. Isso leva às famílias os conceitos de uma relação saudável com o dinheiro e com o consumo”, completa.

É uma maneira de expandir os conceitos cooperativistas para o público infantil e formar adultos que tenham uma relação saudável com a economia. A iniciativa coloca em prática o quinto princípio do cooperativismo – “educação, formação e informação” – e o sétimo – o “interesse pela comunidade”.

Regilmar antecipa que o objetivo é expandir o projeto e envolver cada vez mais crianças, escolas e instituições. “É possível abordar as questões financeiras de um jeito acessível e interessante. Com o envolvimento de todos, podemos investir na orientação infantil, formar adultos conscientes e fortalecer a economia da região.”

Literatura financeira infantil

“Caio achou uma moedinha” é um livro de Educação Financeira Infantil desenvolvido pelo Instituto Sicoob. Ele faz parte da coleção Financinhas e tem o objetivo de incentivar crianças e jovens a conhecer o universo das finanças.

O Instituto Sicoob para o Desenvolvimento Sustentável foi criado em 2004 com o objetivo de difundir a cultura cooperativista e contribuir para a promoção do desenvolvimento sustentável das comunidades. As ações do Sicoob são reguladas e fiscalizadas pelo Banco Central do Brasil, pois cooperativas de crédito são uma importante ferramenta para a implementação das políticas de educação financeira.