Comerciante atira para espantar brigões e acaba preso

0
203
O dono do bar alegou que atirou para intimidar os agressores, mas acabou preso por porte ilegal de arma.FOTO: Divulgação/PM

Uma denúncia de disparo de arma de fogo em via pública levou uma equipe da Polícia Militar a comparecer ao bairro Santa Rita na noite do último sábado. No local, os militares constataram que houve uma briga entre o proprietário de um bar e clientes. De acordo com o dono do estabelecimento, H.N.B., 50 anos, três indivíduos entraram no local quando ele estava encerrando o atendimento e queriam fazer uso de bebidas alcoólicas. Ao informar que não iria atendê-los, os homens iniciaram uma briga com o comerciante e trocaram socos. No meio da briga, o comerciante foi até o seu quarto e pegou uma arma de fogo, desferiu uma coronhada na cabeça de um dos indivíduos e fez um disparo, para intimidá-los.

A PM fez buscas no quarto do comerciante, onde encontrou um revólver calibre 38 com três cartuchos intactos, dois picotados e um deflagrado. A vítima da coronhada foi socorrida pelos amigos, que confirmaram o atrito com o proprietário do bar. No entanto, disseram que não agrediram o comerciante e que, quando pediram a bebida a H.N.B., ele passou agredi-los. O comerciante foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a arma de fogo, que foi apreendida.