sexta-feira, outubro 18, 2019

Cheiro de povo

Ao chegar a Belo Horizonte (MG) na campanha presidencial de 1960, Jânio Quadros recusou as ofertas de hospedagem, inclusive a do aliado Magalhães Pinto....

Um mar de leite

A base eleitoral do senador potiguar Agenor Maria era o sertão, município de Currais Novos, onde tinha uma fazenda de gado leiteiro. Certa vez,...

Reino animal

No final dos anos 1970, quando Arena e MDB eram os partidos autorizados pela ditadura, vivia em Manaus um comerciante sírio, Salim, conhecido por...

Manhas do Malvadeza

O jornalista Luiz Cláudio Cunha entrevistava ACM, então governador da Bahia, para um perfil na revista Playboy que ganharia um título magnífico, inspirado no...

Separados pela língua

Quando se filiou ao PTB, após ser derrotado para vereador na capital gaúcha, Cristopher Goulart, neto do ex-presidente João Goulart, alfinetou a prima, num...

ACM era dureza

Foi durante uma greve de motoristas de ônibus em Salvador que o falecido senador baiano ACM apelidou de "Waldir Moleza", que também chamaria depois...

Dialética do trabuco

Na campanha para presidente de 1960, Jânio Quadros foi a um comício em Aimorés (MG), onde o clima andava tenso entre facções da UDN...

Todo cuidado é pouco

Costa Rego fez fama como jornalista no Rio de Janeiro e, na década de 1920, voltou para Alagoas, sua terra natal, para se eleger...

Confissão a jato

Joaquim Felizardo era um velho militante e foi logo preso, no golpe de 1964. No corredor do Dops, ele aguardava na fila dos que...

Lugar garantido

Era a nomeação mais óbvia da história. Após coordenar a campanha de Jânio Quadros para presidente, todos davam como certa a nomeação do coronel...

NOTÍCIAS RECENTES