segunda-feira, setembro 16, 2019

Grampo torcedor

Quando se especializava na União Soviética, o genial pianista Arthur Moreira Lima e sua família eram monitorados pela ditadura, que grampeava seus telefones, no Rio de Janeiro. Certa vez, ele esperou horas por uma ligação para saber o resultado de um jogo decisivo do seu time querido, o Fluminense. Mas sua mãe de nada sabia, […]

Fonte do planeta

Certa vez, ao ouvir do alagoano Geraldo Bentes, seu ex-secretário de Turismo, a piada de que os rios Capiberibe e Beberibe, do Recife, formam o oceano Atlântico, para ilustrar a suposta “mania de grandeza” dos pernambucanos, o recifense Cristovam Buarque, ex-senador do DF, protestou imediatamente: – E quem disse que esses rios formam só o […]

Questão sagrada

Apertada com doenças na família e dívidas de campanha, em fevereiro de 1990 já fazia um ano e meio que a então vereadora petista Irede Cardoso não pagava o “dízimo” cobrado pelo PT. Sem conseguir parcelar o débito, Irede propôs entregar uma máquina de escrever como pagamento. A oferta foi prontamente recusada pelo tesoureiro do […]

Tricolor doente

Além da salutar irreverência, o genial pianista Arthur Moreira Lima é reconhecido, talvez, como o mais “doente” dos torcedores do Fluminense do Rio. Certa vez, ao ser apresentado a um conhecido e respeitado embaixador brasileiro, o músico ouviu do diplomata: “Muito prazer, Vasco Leitão da Cunha.” Arthur respondeu de bate-pronto: “Prazer, Fluminense Moreira Lima.”

Termômetro de futuro

A pedido do pai, José do Rêgo Maciel, o jovem advogado Marco Maciel ganhou em 1966 um cargo de assessor do governador de Pernambuco Paulo Guerra. Certa vez, Chico Heráclito, folclórico chefe político de Limoeiro, ao chegar ao palácio para um encontro com o governador, encontrou a figura magra e comprida de Marco Maciel, vestindo […]

Táxi getulista

O presidente Getúlio Vargas queria fincar o PTB em solo paulista e mandou a sobrinha Ivete Vargas se candidatar a deputada federal por São Paulo. Eleita com o peso do sobrenome ilustre, ela pegou um avião e seguiu para a capital do Estado. Ao desembarcar, um jornalista logo a provocou: “Como explica votação tão expressiva […]

O poder engorda?

Ministro do Trabalho e da Previdência no governo João Goulart, Almino Afonso estava no cargo havia apenas dois meses, mas havia engordado. Ao encontrá-lo na Câmara, o deputado José Maria Alkmin não perdoou: “Almino, pelo jeito o poder engorda mesmo. É só dar uma olhada em você.” Almino respondeu de bate-pronto: “A tese é pelo […]

PODER SEM PUDOR

Lula quase matou Fidel No início dos anos 1990, o presidente de Cuba, Fidel Castro, foi almoçar na casa de Lula, em São Bernardo do Campo (SP). D. Marisa teve de cozinhar sob a vigilância da segurança cubana. Ela compreendeu: afinal, a CIA tentava matar o homem há décadas. Mas Fidel meteu um bife rolê […]

PODER SEM PUDOR

Pontaria ruim Nos anos 1940, o deputado Otávio Mangabeira (UDN) foi representar a Câmara em uma demonstração de tiro da Marinha, em alto mar. Não gostou da missão porque detestava exibições militares. Durante o exercício, era visível o seu desinteresse. O comandante resolveu se vingar quando percebeu que o absorto Mangabeira tomou um susto com […]

Já morreu tarde

Em 1955, um ano após a morte de Evita e pouco antes de cair, o general argentino Juan Domingo Perón demitiu o poeta maior Jorge Luis Borges de uma sinecura na Biblioteca Nacional de Buenos Aires. Pura pirraça. “Perón es un miserable!” – reagiu o poeta. Em 1973, Perón retornou ao poder e faleceria em […]

NOTÍCIAS RECENTES