Cartões da Zona Azul podem ser encontrados em dezenas de pontos de venda

729

A Nova Zona Azul de Governador Valadares tem dezenas de pontos de venda do cartão de estacionamento, utilizado para fazer o pagamento do serviço. Entre os locais estão lojas de informática, cafés, restaurantes, óticas, sorveterias, salões de beleza, entre outros estabelecimentos. Os pontos estão distribuídos por toda a área de atuação, com fácil acesso para os usuários.

O pagamento com o cartão é realizado com a raspagem dos campos e preenchimentos dos locais que indicam ano, mês, dia, hora e minuto. Como previsto em lei, o valor cobrado pela hora cheia no estacionamento rotativo é de R$ 2,20. Caso o usuário erre as marcações, deve preencher outro cartão. O objeto deve ser deixado no painel do veículo, para verificação dos agentes de trânsito, mesmo que a pessoa permaneça no interior do veículo. Com esta modalidade, a única opção é o pagamento da hora cheia, mesmo que o condutor fique menos tempo parado.

Aplicativo

O usuário da Zona Azul também pode utilizar outras formas de pagamento do estacionamento, como o aplicativo Nova Zona Azul GV, que está disponível gratuitamente no Google Play e na Apple Store. Com ele, o usuário compra os créditos com cartão de crédito, débito ou por meio do cartão pré-pago. Nesta modalidade, o motorista não precisa pagar pela hora cheia, apenas pelo tempo que ficou parado.

Atualmente, a Zona Azul tem 1,2 mil vagas. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h e, aos sábados, das 9h às 13h. Portanto, aos domingos e feriados, e fora dos horários determinados, o estacionamento nas vagas é livre. As vagas podem ser utilizadas, no máximo, por duas horas. A mudança trouxe mais fluidez ao trânsito e facilitou o acesso da população aos serviços que são prestados por empresas e órgãos públicos no centro da cidade.