Campanha “Para recomeçar eu preciso de oportunidades” é lançada em GV

FOTO: Divulgação

Lançamento acontecerá nesta sexta-feira (18), às 8h, na praça dos Pioneiros, durante a Ação Social Pop Rua

Muito se fala sobre o aumento do número de pessoas que vivem nas ruas de todo o Brasil, inclusive em Valadares. No entanto, a sociedade, de modo geral, é a primeira a discriminar, excluir, desconfiar e rejeitar quem utiliza os espaços públicos como locais de sobrevivência.

Uma das metas da atual gestão é devolver a dignidade e a cidadania à população em situação de rua. Um dos mecanismos para alcançar esse objetivo é através da reinserção no mercado de trabalho. O primeiro passo foi dado com a contratação de oito pessoas em processo de saída das ruas, que atualmente estão trabalhando na Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU), com todos os seus direitos assegurados e participando do Núcleo de Habitação. Mas é fato que, sozinho, o governo municipal não consegue criar possibilidades para que todos possam reconstruir suas vidas. A sociedade também precisa colaborar, estendendo as mãos para aqueles que mais necessitam.

A fim de sensibilizar os valadarenses, especialmente os comerciantes e empresários, para a importância de abrir portas para a população em situação de rua, ofertando oportunidades significativas de emprego e qualificação profissional, promovendo a inclusão, a dignidade e a cidadania, a Prefeitura de Valadares, através das secretarias municipais de Assistência Social (SMAS) e de Saúde (SMS) e diversos parceiros lançam a campanha “Para recomeçar eu preciso de oportunidades”.

A ideia é contribuir para mudar o futuro das pessoas que vivem nas ruas e sonham com uma oportunidade profissional para mudar de vida. A campanha será lançada nesta sexta-feira (18), durante a Ação Social Pop Rua, na praça dos Pioneiros, das 8h ao meio-dia. Aproximadamente cem pessoas devem participar da atividade, que tem por objetivo fortalecer as condições de acolhida na rede assistencial, cultural e de saúde à população em situação de rua.

Durante a ação, serão apresentados os serviços e equipamentos voltados especificamente para a população em situação de rua de Valadares, como é o caso do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), Serviço de Apoio ao Migrante Consultório na Rua, Abrigo Noturno e Serviço Especializado de Abordagem Social. Todos eles se encontram de portas abertas e contam com ações bem planejadas que visam dar autonomia, reinserir socialmente, proteger contra as situações de violência, bem como contribuir para o processo de saída das ruas.

Serão dadas ainda orientações jurídicas do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEIF), informações sobre direitos sociais e benefícios, além de dicas de saúde. Haverá também aferição de pressão arterial, teste de glicose e espaço para banho e higienização.

O evento será promovido por equipes do Centro Pop, Abrigo Noturno, Consultório na Rua e Serviço Especializado de Abordagem Social, e conta com a parceria do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)/Programa Acessuas Trabalho, CRASE, CAPS-AD, CAPS II, Projeto Univale/UFJF (Hearts for the homeless), Banho Solidário, Salão da Rosi, Grupo de idosos Vida e Esperança/Cristo Redentor,  Fraternidade O Caminho, Polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros, SMCEL e PRESP.

Confira a programação:

8h – Abertura oficial
8h30 – Café da manhã
9h – Apresentação musical
9h às 11h30 – Oferta de serviços socioassistenciais existentes em Valadares
12h – Encerramento