Câmara realiza audiência para debater mudanças em itinerários de ônibus

O vereador Coronel Wagner afirma que passageiros do transporte coletivo devem ser ouvidos quanto às mudanças de itinerário

A Câmara Municipal realiza nesta sexta-feira (20) uma audiência pública para discutir a mudança do itinerário de algumas linhas de ônibus. Segundo o vereador Coronel Wagner (PMN), autor do requerimento que deu origem à audiência, vários usuários têm reclamado das mudanças. O parlamentar afirma que alguns usuários do transporte coletivo se queixaram de precisar de viagens adicionais – pagando mais passagens – para chegar a escolas ou locais de trabalho.

“Há alguns deslocamentos que precisam ser realizados, e que antes não aconteciam. Então, há uma reclamação de grande parte da população. Por isso a necessidade de uma audiência pública, para a gente ouvir as pessoas, e a partir disso encaminhar as propostas de ajuste para que a empresa possa efetivamente fazer o que é bom para o público de Governador Valadares”, declarou Coronel Wagner.

Foram convidados para a audiência pública representantes do Departamento de Trânsito da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, representantes da Empresa Mobi de Transporte Urbano, representantes do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito, Gerência de Transporte Público, presidentes de associações de bairros e representantes da comunidade em geral. “O transporte público coletivo, como o próprio nome diz, é público. A premissa é que a empresa tem apenas a concessão para realizar esse transporte. Essas mudanças, que afetam a vida de milhares de pessoas, precisam ser conversadas antes de ser efetivadas”, acrescentou o vereador.

 O que diz a Mobi

 Em nota, a Mobi afirma que realizou mudanças para garantir melhor distribuição das linhas de transporte coletivo, conforme pesquisas de origem e destino realizadas por consultoria “de renome nacional” contratada pela Prefeitura. A nota destaca também a implementação, nas vias urbanas, de faixas exclusivas para transporte coletivo, atendendo a diretrizes de legislação sobre mobilidade urbana.

“O incentivo ao ônibus é uma das soluções viáveis para a mobilidade urbana das cidades médias e grandes. A Mobi também atendeu ao pedido da Prefeitura e lançou o monitoramento on-line dos ônibus, permitindo que os usuários tenham acesso ao horário do seu ônibus no ponto de embarque de forma instantânea. Essa tecnologia de ponta traz conforto para os usuários que não precisam mais ir para o ponto esperar pelo ônibus. Foi investido mais de um milhão de reais para disponibilizar essa tecnologia”, afirma trecho da nota enviado pela empresa.