Bons de dança

A pirotécnica “Força Nacional de Segurança” fez lembrar ao jornalista Arael Costa, professor da UFPb, a adesão de uma tropa de cavaleiros gaúchos ao “movimento pela legalidade” chefiado pelo governador Leonel Brizola. Após ordenar sua incorporação à Brigada Militar, Brizola indagou ao líder: “Então, sua tropa é mesmo boa de briga?” O homem respondeu com jeito moleque: “Bom de briga não sei, não. Mas de dança, tchê…”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos | www.diariodopoder.com.br