Bolsonaro participa de evento de igreja evangélica

318
FOTO: Divulgação

Um evento para “homens destemidos, corajosos e honrados”. Em uma semana marcada por crises políticas, foi este o último compromisso da última sexta-feira, 29, do presidente Jair Bolsonaro.

Ele participou da conferência Escola de Hombridade, promovida pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília. Foi recebido aos gritos de “mito” pelos cerca de 500 homens presentes – mulheres eram proibidas, de acordo com a organização. Segundo integrantes da igreja, Bolsonaro é amigo do pastor Cláudio Duarte, um dos palestrantes, e do bispo JB Carvalho, presidente da Comunidade das Nações. A participação do presidente não estava prevista na agenda.

“Prezado JB Carvalho, irmãos, brasileiros, varões do Brasil… Primeiro, eu quero agradecer a Deus por estar vivo, as orações de vocês e a fé por ocasião das eleições”, disse Bolsonaro, sendo interrompido por gritos de “glória a Deus”, “amém” e “aleluia”.

O presidente ainda contou que viajaria ontem, 30, a Israel e que tem boa relação com o país. “Estou aqui porque acredito em vocês e vocês estão aqui porque, primeiro, acreditam em Deus e, depois, no nosso Brasil. Apesar de entre Jair e Bolsonaro ter a palavra Messias, eu estou longe de fazer milagre”, continuou.

Foi a terceira vez na mesma semana em que Bolsonaro cumpriu compromissos fora da agenda oficial. Na terça-feira, foi ao cinema acompanhado da primeira-dama assistir a um filme religioso. Na quinta-feira, 28, em outra “escapada” não prevista, foi ao aniversário do deputado Hélio Lopes (PSL-RJ) em uma churrascaria da capital federal.

por Teo Cury da Agência Estado