Bienal da Poesia começa hoje em Valadares

0
1194
O poeta Marcelo Rocha, além de organizador, vai declamar seus poemas na Bienal da Poesia.Foto: Divulgação

Começa hoje e vai até quarta-feira, dia 12, a Bienal da Poesia, organizada pelos poetas valadarenses Lana Alpino e Marcelo Rocha, duas grandes referências na declamação de poemas no município. Estão programados para os cinco dias de encontro: lançamentos de livros, shows musicais e conversas literárias. Na ocasião, os participantes serão estimulados a ler, declamar e a escrever poemas.O primeiro dia da bienal será no Sarau do Psia, às 20h30, no restaurante Dom Cabral, no bairro Morada do Vale. A entrada é franca.

De acordo com os organizadores da bienal, estão programados saraus e recitais de poesias em diferentes lugares da cidade. Para a poeta Lana Alpino, escutar a leitura ou declamação de versos também se constitui num benefício à saúde mental, bem como às relações interpessoais. “Pretende-se, com a bienal, aguçar a arte de escutar o outro com o exercício saudável da ‘escutatória’, defendida pelo notável e saudoso escritor mineiro Rubem Alves. A arte de ouvir, entender, se encantar, discordar ou questionar a mensagem contida, entrelinhas de um verso”, disse.

Dentre tantos benefícios, a Bienal da Poesia irá favorecer a descoberta de novos poetas. O organizador, Marcelo Rocha, destaca que a bienal é a continuidade dos muitos momentos de interação que a poesia vem proporcionando aos poetas valadarenses nos últimos anos. “Hoje a poesia tem um público pra chamar de seu em nossa cidade. E nós, valadarenses, temos muitos poetas pra chamar de nossos. E não há lugar melhor pra inaugurar a bienal do que no Sarau do Psia, que há 9 anos preenche de poesia os sábados valadarenses”, ressalta.