Atlético x uruguaios: duelo de 88 anos, duas goleadas e retrospecto favorável ao Galo

0
207
FOTO; Divulgação.

Dez anos depois, o Atlético está de volta a Montevidéu, no Uruguai. Hoje, às 19h15 (de Brasília), o time inicia a disputa da Copa Libertadores. O adversário é o Danubio, que enfrentou o time mineiro em 1975. Em 88 anos de duelos contra uruguaios, o Galo garantiu bom retrospecto, aplicando duas goleadas. Foram 15 jogos, contra oito adversários diferentes, com seis vitórias, sete empates e duas derrotas. Foram confrontos por Libertadores, Mercosul e amistosos – um deles para festejar o centenário atleticano, em 2008 (foto acima). Conheça essa história iniciada em 1931, em um amistoso.

A primeira vez

O primeiro encontro, em 29 de março de 1931, foi contra o Sudamerica, que fazia uma excursão pelo Brasil. O Atlético venceu por 3 a 2, jogo disputado no antigo estádio do clube, em Lourdes. Nana, duas vezes, e Orlando Vaz marcaram os gols do Galo. Portugal e Longo fizeram para os visitantes.

Foram precisos 25 anos para um novo encontro, novamente em Belo Horizonte, um outro amistoso, porém, desta vez no estádio Independência. O Nacional venceu o Atlético por 2 a 0, gols de Brienzza e Romerito, no dia 5 de abril de 1956. Mais 10 anos de espera e um novo amistoso, em 27 de março de 1966. Atlético e Cerro empataram por 1 a 1. Roberto Mauro (Galo) e Juan Pintos (Cerro) foram os autores dos gols. O palco foi o Mineirão.

No ano seguinte, o amistoso foi frente ao Nacional, no dia 21 de maio de 1967, um empate por 1 a 1, no Mineirão, com gols de Beto (Atlético) e Moralez (Nacional). Em 1972, o jogo foi contra o Peñarol. De novo um amistoso, de novo um empate (1 a 1), de novo no Mineirão. Humberto Ramos, para os donos da casa, e Romeu Corbo, para o Peñarol, balançaram as redes.

O Danubio e a goleada

O encontro entre Atlético e Danubio, adversário de hoje, foi em 1975, no dia 5 de fevereiro, no Mineirão, em partida amistosa. O Galo goleou por 4 a 0 (Marcelo, Vanderlei Paiva e Campos, duas vezes).

Mais dois amistosos foram disputados em 1977 e 1997, ambos no Mineirão. Primeiro, contra o Nacional, um empate por 1 a 1, com gols de Reinaldo (Atlético) e Vilasan (Nacional). Dez anos depois, o Galo venceu o Defensor, por 2 a 1, com gols de Valdeir e Evair. Da Silva descontou para os uruguaios.

O primeiro confronto em partidas oficiais aconteceu apenas em 2000, em 14 de março. Pela Copa Libertadores, o Atlético venceu o Bella Vista por 2 a 1, com dois gols de Guilherme. Rodrigo Lemos fez para os uruguaios. Um mês depois, o jogo foi em Maldonado, no Uruguai. O Galo perdeu por 1 a 0, gol de Juan Fleita.

Ainda em 2000, mais um duelo oficial, agora contra o Peñarol, pela Mercosul. Em 28 de agosto, os mineiros ganharam por 2 a 1, no Mineirão, com Guilherme e Célio Silva marcando os gols. Franco fez para o Peñarol. Em Montevidéu, a partida de volta, dia 27 de setembro, ficou 2 a 2. André, duas vezes para o Galo, e Luiz Romero, também com dois gols, marcaram.

Duelo no centenário

No centenário do Atlético, em 2008, o Peñarol foi o convidado para o jogo festivo, que terminou 1 a 1, no Mineirão, dia 26 de março. Marcos (Galo) e José Franco (Peñarol) balançaram as redes.

Na temporada seguinte, mais um encontro com o Peñarol. Pelo Torneio de Verão, em Montevidéu, no dia 21 de janeiro,o Atlético goleou por 4 a 1, gols de Éder Luis, Diego Tardelli, Márcio Araújo e Carlos Alberto. Franco descontou.

O último confronto contra times do Uruguai foi em 26 de janeiro de 2011. Durante a pré-temporada, o Atlético fez um amistoso com o River Plate uruguaio, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Com gols de Ricardinho (Atlético) e Janderson (River Plate), as equipes ficaram no 1 a 1.