Associação Salvar é lançada em Valadares pelo Corpo de Bombeiros

0
141
Para o major Carmo e o major Luciano, a Associação Salvar surgiu para auxiliar o Corpo de Bombeiros nas ações sociais e na disseminação da cultura de prevenção.FOTO: Angélica Lauriano

O último dia 27 foi marcante para o Corpo de Bombeiros em Valadares. Neste dia foi lançada a Associação Salvar, do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. A associação é sem fins lucrativos e sua diretoria é composta por bombeiros militares, oficiais e praças, que não têm nenhum tipo de remuneração pela associação. A Salvar foi lançada oficialmente no dia 1º de dezembro, em Poços de Caldas, e tem como objetivo apoiar projetos sociais que repercutam na prevenção de acidentes domésticos, de trânsito, incêndios e afogamentos, bem como levar conhecimentos e ações de primeiros socorros e de melhoria da saúde.

O evento de lançamento da Salvar foi realizado na Risp, em dois momentos: pela manhã, o projeto foi apresentado aos bombeiros militares; à tarde, foi apresentado aos empresários da cidade. Para fazer o lançamento esteve na cidade o presidente da associação, major José do Carmo Barbosa. Ele explicou que a ideia de criar a entidade surgiu da possibilidade de auxiliar o Corpo de Bombeiros nas ações sociais e na disseminação da cultura de prevenção. “A ideia é criar uma fundação voltada para a pesquisa, para o desenvolvimento de tecnologias alternativas, modernização das técnicas de gestão e o fomento à produção científica para os bombeiros militares, tudo isso para repercutir de forma positiva para a sociedade. A Salvar não é uma entidade de classe, isso a gente tem feito questão de deixar muito claro. Não estamos aqui para competir com outras associações. Então, ela tem alguns objetivos bastante específicos: primeiro, instituir a fundação; segundo, apoiar e promover projetos sociais dos bombeiros; terceiro, disseminar essa cultura de prevenção de segurança contra incêndio e pânico, de primeiros socorros.”

O comandante do 6º BBM, major Luciano Barbosa de Souza, disse que a instituição é importante para fomentar projetos de promoção humana e social. “A Salvar é recém-criada e tem a perspectiva de captar recursos de fundos junto à sociedade, junto ao governo, para serem aplicados na melhoria dos serviços dos bombeiros, e também projetos sociais, de promoção humana. A fundação é de extrema importância, pois, através dela, vamos ter vários projetos sendo financiados, até mesmo projetos educativos, junto às escolas e à comunidade, para que possamos minimizar impactos de acidentes e principalmente proteger a vida, nosso bem maior.”

por Angélica Lauriano | angelica.lauriano@drd.com.br