Alunos da Escola Marilourdes lançam livro e celebram a leitura

Entre os trabalhos desenvolvidos na escola está o livro “A casa ao lado”, escrito por alunos da turma do 5º ano B, com orientação da professora Maria de Fátima Andrade

O livro “A casa ao lado”, desenvolvido por alunos do 5º ano, está entre os trabalhos do projeto institucional “Nossa Escola Conta História”

O projeto “Nossa escola conta história” movimentou neste ano os alunos da Escola Municipal Marilourdes Nunes Coelho, desde a educação infantil aos anos finais. Para celebrar o resultado do projeto, a escola realizou no último sábado (9) um evento que contou com exposição dos trabalhos, diversas atrações e a participação da Banda da Polícia Militar.

De acordo com a diretora, Nathalha Aline de Barros, o projeto “Nossa escola conta história” rendeu muitos frutos. “O objetivo do projeto é incentivar a leitura, já que as crianças vivem na internet e a leitura tem ficado de lado. Cada professor desenvolveu de forma criativa seu trabalho com sua turma. Descobrimos vários talentos na escrita, leitura, música e interpretação. Tenho de destacar o empenho da equipe escolar. Acreditamos que através da leitura podemos resgatar as crianças e descobrir o melhor de cada um”.

Crianças e adolescentes aproveitaram para mostrar seus talentos. Vestidas de girassol, as alunas da educação infantil declamaram a poesia “Leilão de Jardim”, de Cecilia Meireles. O jogral sobre leitura foi apresentado pelo 3º ano e os alunos do 2º ano encenaram o teatro do casamento da Dona Baratinha. Os estudantes que participam das aulas de música soltaram a voz e também tocaram violão e cajon acústico.

Ainda foi inaugurada a Rádio Escola Nunes Coelho, que estreou com os alunos fazendo a cobertura do evento. Segundo a pedagoga Aline Ailema Aparecida, a inauguração foi uma prévia do que será a Rádio Escola, que vai funcionar no próximo ano. “A Rádio Escola é direcionada aos anos finais. Neste ano visitamos a Mundo Melhor FM e apresentamos a eles como funciona uma rádio, os equipamentos, o que precisa ter em uma programação. Temos a mesa, microfone, caixa de transmissão e a sala, falta apenas a acústica”, que deve ser instalada antes do início do próximo ano letivo.

Livro “A casa ao lado”

Entre os trabalhos desenvolvidos na escola está o livro “A casa ao lado”, escrito por alunos da turma do 5º ano B, com orientação da professora Maria de Fátima Andrade. A professora está com a turma desde 2016 e acostumou os alunos a fazerem leitura diária de livros. Por causa desse momento em sala de aula surgiu a ideia de escrever o livro com os alunos.

A princípio, Maria de Fátima pensou apenas em xerocar e encadernar o livro, mas depois mudou de planos. “Os alunos se mostraram empolgados, contribuíram com a escrita e sugestões. Após, digitalizei e fiz adaptações para o texto ter coerência; vi que o trabalho é tão rico, que merecia mais. Então paguei a diagramação e encaminhei à gráfica, imprimimos cópias do livro com a verba da escola”.

A professora confessou que algumas pessoas não acreditaram no trabalho. “Mas, quando eles começaram a ver, ficaram animados e parabenizaram os alunos. Teve mãe que chegou a se emocionar com o filho. Isso que quis mostrar aos alunos, que eles podem ser autores e ter o próprio livro”.

A estudante Lilian Danielle Costa Silva dividiu um pouquinho da sinopse. “Foi divertido escrever. Conta a história da família Garcia, que se mudou para São Paulo, ao lado de uma casa assombrada. São muitas aventuras vividas pelos filhos do casal, Júlio e Luiza, que vão tentar descobrir o mistério daquela casa”. Laura Francyelle Santos já sonha escrever outro livro. “Para mim foi muito importante escrever o livro. Vou guardar na minha mente com muito carinho. Eu já quero escrever outro.”