Alojamento do Flamengo que pegou fogo não tem licença da Prefeitura

Pai de Christian (à esquerda), chora a morte do filho.FOTO; Divulgação

Área é descrita como estacionamento e, segundo comunicado oficial do governo, não consta no último projeto de licenciamento

O alojamento que pegou fogo no Centro de Treinamento do Flamengo na manhã de ontem não tem licença municipal para funcionamento. Segundo comunicado oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro, “no projeto protocolado, a área está descrita como um estacionamento”.

FOTO: Divulgação.

Ainda de acordo com o comunicado, a atual licença do Ninho do Urubu é válida até 8 de março deste ano (estando, portanto, a um mês exato de expirar), mas a área em que houve o incêndio não consta no protocolo – e tampouco há registros de um novo pedido de licenciamento do local.

O incêndio vitimou 10 pessoas e deixou outras três feridas. Até o fechamento desta edição, sete nomes foram confirmados entre os mortos.

Uma das vítimas do trágico incêndio do Ninho do Urubu é o goleiro Christian Esmério. O jogador de 15 anos era uma das maiores promessas de sua geração e um dos destaques das categorias de base do Flamengo. Christian colecionava convocações para a seleção brasileira em sua categoria e era, inclusive, monitorado por clubes do exterior.

…foto menor à direita com o Tite. FOTO: Divulgação.

No fim do ano passado, inclusive, chegou a postar uma foto ao lado do técnico da Seleção, Tite, em uma de suas passagens pela Granja Comary. Goleiro profissional do Flamengo e também cria da base do clube, Gabriel Batista usou as redes sociais para lamentar a perda.

Adelizia Damasceno da Silva, mãe de um dos atletas do clube, falou com a imprensa sobre o incidente. Ela também citou o goleiro Christian.

– Um nome foi confirmado que foi a óbito, o goleiro Christian. Ele foi para a seleção em dezembro, eu que levei para o Galeão. Quando a gente ligou a televisão, eu nem quis saber de reportagem, eu vim direto para cá. Meu filho também podia ter sido vítima, é muito triste a dor que esses pais estão passando. Era um ótimo goleiro, eu gostava muito dele – disse.

Os nomes dos 10 jogadores mortos foram confirmados ao longo do dia: Arthur Vinicius, Athila Paixão, Bernardo Pisetta, Christian Esmério, Gedson Santos, Jorge Eduardo, Pablo Henrique, Rykelmo de Souza Viana, Samuel Thomas e Vitor Isaías.

Eram 26 jogadores ao todo no alojamento: 13 conseguiram escapar e outros três estão em hospitais com ferimentos. São eles Cauan Emanuel, Francisco Dyogo e Jonatha Cruz.