Aadvog é reconhecida como entidade de utilidade pública

237
FOTO: Divulgação

A Associação dos Advogados de Governador Valadares (Aadvog) recebe hoje (8) o título de entidade de utilidade pública. A solenidade acontece às 19h na Câmara Municipal e é parte das celebrações pelo Dia do Advogado, comemorado nacionalmente em 11 de agosto. Para o presidente da Aadvog, Aloísio Gusmão Padilha, o título é um reconhecimento à importância da entidade para a sociedade valadarense.

A concessão do título de utilidade pública foi aprovada pela Câmara e, após ser sancionada pelo prefeito André Merlo (PSDB), passou a vigorar como Lei Municipal 6970/19. “Agora, como a Aadvog é entidade reconhecida de utilidade pública, podemos fazer projetos e apresentar à Câmara para, se aprovados, conseguir liberação de emenda para ações de interesse da comunidade”, comemorou Gusmão.

A Aadvog foi criada em dezembro de 2016. Prestes a completar três anos de atuação, o presidente da entidade reforça o compromisso pela defesa do interesse público. “Fizemos embates durante a discussão da construção do novo fórum. A gente entrou com liminar e barrou o projeto. Também atuamos após o rompimento da barragem da Samarco. A gente fez a luta em prol da comunidade, desde que aconteceu a tragédia, pedindo que as indenizações fossem maiores”, exemplificou.

Gusmão explica a diferença entre a Aadvog e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “Nossa entidade defende os interesses dos advogados em geral, mas também o interesse de toda a coletividade. O cidadão pode nos procurar, se estiver sendo lesado em algum direito individual ou coletivo. É diferente da OAB, que tem o papel de fiscalização do exercício da profissão”, disse.

Para se associar à Aadvog, no entanto, é necessário que o profissional também esteja inscrito na OAB. Durante a reunião especial de hoje na Câmara, cada vereador indicará um advogado a ser homenageado, representando toda a categoria.

por THIAGO FERREIRA COELHO | thiago@drd.com.br