A importância do ensino da literatura na escola

“Não há disciplina mais formativa que o ensino da literatura.”

A palavra literatura vem do latim “littera”, que significa “letra”. Ela é a arte de criar e dar voz às palavras através da poesia e da prosa. É uma das manifestações artísticas mais ricas do ser humano, e de grande influência na sua formação acadêmica e social.

Porém, para que essa prática seja relevante na vida do aluno, é necessário que a escola tenha um olhar sensível sobre a reorganização do seu projeto pedagógico, a fim de dar maior ênfase ao estudo da literatura.

É importante incutir nos seus professores o vislumbramento com os livros, ao ponto de provocar um encantamento no aluno e o desejo de tê-los sempre por perto. Para isso, é necessária a elaboração de objetivos específicos, e traçar metas nos projetos de leitura em sala de aula.

O uso da biblioteca deve ser constante. Organização de oficinas de como manusear um livro; conhecer o autor e os gêneros literários; fazer analogia com os autores dos clássicos e os autores modernos; participar de roda de leitura, de conversas específicas, sarau poético; conhecer os escritores e poetas da sua cidade; elaborar a edição de livros com textos escritos por eles.

Com um olhar diferenciado nesse projeto, a escola deve se atentar para a capacitação e motivação intensiva dos professores de todas as disciplinas. Não somente a de Língua Portuguesa, pois o letramento acontece em todas elas.

Portanto, o professor que estiver apto para trabalhar com a literatura deve se portar como um mediador dessa arte, e não fazê-lo de forma mecânica ou obrigatória, pois será através da sua performance que ele seduzirá o aluno a gostar de ler.

E quando o aluno se sentir influenciado de forma prazerosa pela leitura, e pelos livros, o seu crescimento intelectual e social fluirá de forma mágica, pois se sentirá um ser humano mais crítico, empático e sensível à modernidade.

Dessa forma, a grandeza dos conhecimentos o fará ter um olhar lapidado, a ponto de provocar-lhe reações magníficas e positivas, preparando-o para se autoafirmar como um ser humano sábio e que se adapta às normas de convivência diária. E a literatura tem esse poder de provocar nele uma mudança de visão de mundo.

Para que isso aconteça de forma a colher os frutos no futuro, é preciso que a escola cite ações imediatas em seu projeto pedagógico, para que os livros se façam mais presentes em sala de aula e na vida dos seus alunos.

Em tempos em que as mídias sociais estão em evidência e que se tornaram uma necessidade consumista na vida das pessoas, é necessário que a escola atente para uma maior acessibilidade dos alunos aos livros, seja frequentando a sua biblioteca ou adotando livros para discutir durante as aulas, e todo professor de qualquer disciplina é capaz de desenvolver brilhantemente essa atividade.

Posto isso, temos ciência de que a escola é a porta para o desenvolvimento intelectual e social de seus alunos, pois “a literatura é a expressão da sociedade, como a palavra é a expressão do homem”.

Maria Stela de Oliveira Gomes
Patrono: João Guimarães Rosa