A força que você tem

355

Atente para as seguintes indagações: há algo que você faz, que não devia fazer, que tem prejudicado a sua saúde, que tem lhe incomodado, que vem lhe causando algum transtorno, que provoca em você sentimentos de culpa, que o coloca inseguro perante as pessoas, que o tornou dependente e incapaz de controlar os seus desejos, que o deixa fragilizado?

Algumas pessoas vivenciam situações como as acima mencionadas e se abalam emocionalmente, afetando a autoestima, às vezes sofrendo processos depressivos. E têm uma vida pedante, monótona, desacreditada, sem projetos. De repente, essas pessoas se vêm atoladas, engessadas, apáticas, solitárias, inibidas em suas ações. Como se chegou a esse estágio, não se sabe. Com certeza, não querem viver assim, mas não dispõem de força e coragem para tomar uma atitude de basta, de mudança. E vão protelando essa reação, se apagando, se afundando cada vez mais.

Quero mostrar neste artigo que você é capaz de reagir, de provocar a mudança tão desejada, de traçar um novo rumo para a sua vida, de resgatar a autoestima… – o que lhe proporcionará bem-estar, disposição e credibilidade. É possível que você esteja se perguntando como fazer isso. Respondo já: o processo é simples. Vejamos…

Independentemente do estágio em que vive hoje, da condição em que se encontra, você tem muito mais que agradecer do que lamentar. Há tantas e tantas pessoas em situação mais precária que você, em todos os aspectos, que você pode se sentir um privilegiado. Portanto, agradeça por tudo o que tem. Agradeça pela sua saúde, pela capacidade de raciocinar, pelo seu corpo, seus membros, pelo lugar onde mora, pelo conforto da sua cama, agradeça pelo alimento que o sustenta, pela água que proporciona a higiene do seu corpo, agradeça pela família que tem, por seus amigos, por ser essa pessoa capaz de lidar com situações indesejáveis e superá-las.

A todo momento, agradeça pelas coisas que lhe ocorrem, e especialmente, ao se deitar, dedique alguns minutos para agradecer pelo dia que teve. Cultive o sentimento da gratidão. Agindo assim você estará resgatando a força interior que há em você, que o torna capaz de superar qualquer adversidade. É você quem tem a capacidade de delinear o seu caminho, de definir o rumo da sua vida, de construir a sua história. Acredite nisso. A força está em você. Não diga estou mudando; diga “eu mudei”, a partir deste momento. Nada de programar para a próxima segunda-feira, como muitos fazem. Nada de se permitir fazer pela última vez aquilo que o incomoda, como “despedida”. A hora da mudança é agora. Decida já.

Ao acordar, agradeça pelo sono que teve, pela saúde e disposição que toma conta do seu corpo. Faça uns minutos de pausa, dedique um tempo para oração e reflexão, encha-se de vontade, acredite no seu potencial, na sua força, e agradeça desde já pela oportunidade de realizar inúmeras atividades no decorrer desse dia que começa. Faça da gratidão seu estilo de vida, o que lhe proporcionará uma paz interior que o impulsionará para superar obstáculos e realizar os seus desejos. Vá em frente. Acredite!!!

(Neste mês de agosto trabalhamos nos grupos Amor Exigente o 8º Princípio: Crise).
Grupo de Apoio Amor Exigente | Coordenação local: Berta Teixeira Rodrigues | Coordenação Regional: Washington J. Ferreira/ Penha | Reuniões às terças-feiras, das 19h30 às 21h30, no Colégio Franciscano Imaculada Conceição.